Blog Indústria do Seguro

Seguros com Segurança.

  • Página Principal
    Página Principal Aqui você pode encontrar todas as postagens do blog
  • Tags
    Tags Mostra uma lista de tags utilizadas no blog.
Vendo postagens com a TAG Seguros Empresariais.
A importância do Seguro de Responsabilidade Civil para as empresas.

O estilo de vida moderno traz para as empresas diversos desafios. Além de tentar crescer em um ambiente mais competitivo, um crescente aumento nos custos devido ao acompanhamento das exigências tecnológicas e a insegurança no mercado como um todo ante as expectativas políticas e financeiras, o empresário deve se precaver quanto aos riscos inerentes ao seu negócio, inclusive e principalmente quanto à RESPONSABILIDADE CIVIL.

É mais que sabido que a indústria das indenizações por danos oriundos da responsabilidade das empresas inerentes ao seu negócio, produtos e serviços está crescendo dia a dia. O Judiciário está aplicando diversas punições e decidindo por indenizações contra as empresas decorrentes de responsabilidade civil nos mais variados temas e situações.

Manter a saúde financeira do seu negócio é fundamental e uma das alternativas (talvez a mais prática e barata) é a securitização de seus riscos. O Seguro de RESPONSABILIDADE CIVIL, via de regra, é extremamente barato. Ele protege contra prejuízos financeiros decorrentes de eventuais indenizações por danos materiais ou corporais causados involuntariamente a terceiros (clientes, fornecedores ou funcionários), sejam estes danos causados nas dependências da própria empresa, no local da prestação de um serviço, por um produto, por uma falha, enfim, há sempre um risco de responsabilidade que pode ser coberto por uma apólice de Seguro de Responsabilidade Civil.

Temos um caso de Responsabilidade Civil emblemático em nossa corretora. Um restaurante tipo “a quilo”, nosso segurado, teve um acidente inusitado em suas dependências: um cliente, ao se servir no balcão, rasgou a manga de sua camisa. Era uma camisa de marca, relativamente cara, que tinha acabado de ser comprada. Após acionado o sinistro, a seguradora indenizou a camisa integralmente. O fato que para alguns pode ser estranho é que a seguradora exigiu o “salvado” (a camisa rasgada), depois de ter pago a indenização. Talvez alguma costureira pudesse consertar...quem sabe?

Milhares de outras situações acontecem frequentemente nas empresas e nem sempre existe um seguro para amparar aquela despesa inesperada. Uma indenização de Responsabilidade pode ser pequena (como no caso da camisa acima), como pode ser gigantesca! Tudo depende do dano sofrido.

...

Incêndio e explosão lideram as perdas ocasionadas aos negócios ao redor do mundo, informa AGCS

Novo relatório “Global Claims Review 2015: Interrupção dos Negócios em Foco”, produzido pela Allianz Global Corporate & Specialty (AGCS), resseguradora do Grupo Allianz, constata aumento de sinistros e riscos para os negócios ao redor do mundo. Nesta edição, o relatório da resseguradora identifica que 90% dos prejuízos financeiros ocasionados por sinistros são gerados por 10 principais causas, a começar de incêndios e explosões, responsáveis por quase 60% desse total. Também fatores humanos e técnicos dominam as causas de sinistros, ultrapassando o impacto dos riscos naturais. Além disso, o documento revela que as interrupções nos negócios por ataques cibernéticos, greves e pandemias seguem em franco crescimento.

Bombeiro e chamas

O rompimento de barragem de rejeitos da mineradora Samarco, controlada pela Vale e BHP Billiton Brasil, entre os distritos mineiros de Mariana  e Ouro Preto, no início de novembro, evidenciou uma tendência entre as empresas brasileiras que exercem atividades de risco: a falta de cultura do seguro para prevenir e minimizar impactos financeiros e ambientais decorrentes de acidentes dessa natureza.

Samarco acidente

Empresas estão endividadas e com dificuldade de gerar caixa, o que pressiona os calotes junto a fornecedores; percepção de riscos das firmas, contudo, está aumentando a contração da apólice de crédito interno.

Gráfico-decrescente

Incêndios no Brasil destacam a necessidade de melhores normas de proteção

Por Andre Stankunavicius, Consultor Sênior em Prevenção de Perdas, GAPS, Brasil

Em São Paulo, um incêndio dilacerou um depósito de alimentos de uma multinacional. Mais de 100 bombeiros combatiam as chamas alimentadas pelo vento ao mesmo tempo em que lutavam com um hidrante que jorrava água em baixa pressão. Antes do término do incêndio, metade da construção ruiu, destruindo 20.000 metros quadrados de instalações e 12.000 toneladas de alimentos.

Em outro incidente, uma pequena faísca em uma esteira de transporte ateou fogo em outro armazém de São Paulo, gerando uma torrente de açúcar derretido - 30.000 toneladas – que escorreu para estradas e vias navegáveis. Peixes morreram de asfixia em um raio de cinco milhas e os moradores precisaram fazer barricadas com sacos de areia e entulho, para impedir que o açúcar derretido os prendesse dentro de casa. Três dias depois, os bombeiros ainda estavam lutando contra esse incêndio.

janela fogo e fumaça

A Secretaria da Receita Federal do Brasil publicou, no Diário Oficial da União de 23 de maio, a Instrução Normativa RFB 1.361/13, que dispõe sobre os regimes aduaneiros especiais de Admissão e de Exportação Temporárias. A nova norma regula também a Admissão Temporária para Aperfeiçoamento Ativo, a Exportação Temporária para Aperfeiçoamento Passivo e consolidam, em um único ato, disposições sobre esses regimes aduaneiros anteriormente constantes em 40 Instruções Normativas.

Estudo da Liberty Seguros mostra que oscilação de energia elétrica é a principal causa de danos aos eletroeletrônicos e eletrodomésticos, com mais frequência no interior de São Paulo.

O dano elétrico decorrente de tempestades (raios e vendaval) e oscilação de energia é a principal causa dos acidentes com eletroeletrônicos e eletrodomésticos dentro das residências. Segundo estudo realizado pela Liberty Seguros, com base em 5.715 mil solicitações de atendimentos a residência (casa e apartamento) de seus segurados, entre dezembro de 2011 a novembro de 2012, 44% dos incidentes corresponderam a danos elétricos.Choque elétrico

Segundo o diretor de Sinistros da Liberty Seguros, Francisco Minarelli, os eletroeletrônicos e eletrodomésticos queimados pela oscilação de energia, devido a tempestades ou problema na transmissão, têm sido a principal causa de acionamento de seguro residencial. “Danos elétricos acontecem principalmente em dias chuvosos e tiveram mais ocorrências em algumas cidades do interior de São Paulo, por exemplo, em Ribeirão Preto, Araçatuba, Franca, Marília e Presidente Prudente, chegando a ser mais do que o dobro da média no Brasil, que corresponde a 2,2% para cada 100 residências”, afirma.

O deputado Ossésio Silva (PRB-PE) é autor do Projeto de Lei Ordinária 1.271/2013, apresentado em 5 de fevereiro na Assembleia Legislativa de Pernambuco. A proposta “dispõe sobre a exigência legal da contratação de seguros patrimonial que cubra danos decorrentes de fogo e explosão de gás por parte das casas noturnas”.Dura Lex, Sed Lex.

Agende conosco o vencimento de seu seguro!   Veja o que nossos clientes falam de nosso trabalho.

SUSEP :10.0302767   |   Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  |   Procon-RJ

* Relação de Seguros com os quais trabalhamos: Seguro de Carro; Seguro de Moto; Seguro de Caminhões; Seguro Empresarial; Seguro de Condomínios; Seguros de Casas e Apartamentos(on line); Seguro Aluguel; Seguros de Vida; Seguro de Saúde; Previdência Privada; Seguro de Transportes; Seguro Viagem(online); Seguro de Notebook e Smartphones (online); Seguro de Acidentes Pessoais; Seguro de Responsabilidade Civil; Seguros dos Ramos Elementares.